top of page

Encontre uma empresa com produtos que você gosta


O seu sucesso na indústria das vendas diretas e marketing de rede está diretamente relacionado à sua desenvoltura. Logo, você precisará se tornar um especialista e desenvolver técnicas de vendas baseadas em:

· persuasão;

· quebra de objeções;

· destrava de gatilhos mentais;

· geração de escassez;

· trabalho com demandas de urgência e necessidade, visando mostrar que aquilo que você oferece é uma prioridade.


Acredite: um especialista é capaz de vender qualquer coisa… porém, é necessário que volte sua atenção ao que agora afirmo: NUNCA VENDA AQUILO QUE NÃO ACREDITA ! Seja congruente, sincero e mostre o verdadeiro brilho de seus olhos, afinal, o primeiro cliente que deverá comprar o seu produto, é você mesmo.


Além de acreditar em seu produto, você precisa acreditar em seu propósito, portanto, defina um. Não venda pelo lucro apenas, ou para obter qualquer tipo de vantagens. Venda para satisfazer seu cliente ou distribuidor, para gerar a solução que eles necessitam. Mas lembre-se, esta estratégia só funciona, se você mesmo estiver satisfeito com os produtos e com a oportunidade que irá ofertar, e tiver a plena convicção de que aquilo que você oferece pode, verdadeiramente, sanar as demandas de seu cliente.


Existem muitas oportunidades e propostas de produtos em nosso mercado atualmente, escolha uma que você se identifique e mãos à obra!


Segundo a ABEVD (Associação Brasileira das Empresas de Vendas Diretas), o mercado de vendas diretas brasileiro movimenta mais de 1,9 milhões de itens (entre produtos e serviços) e geraram, apenas no ano de 2017, um volume de negócios de R$ 45,2 bilhões.


Este mercado é segmentado entre as seguintes áreas:

1. Cosméticos (54,7%),

2. Vestuário (8%),

3. Acessórios (7,9%),

4. Cuidados da casa (6,5%),

5. Alimentos ou suplementos saudáveis (4,3%),

6. Telefonia, Internet e TV por assinatura (3,7%),

7. Livros, CDs, DVDs, Games e Softwares (3,4%)

8. Serviços de reformas residenciais (3,3%)

9. Utensílios domésticos (3,1%)

10. Produtos financeiros (2,8%)

11. Vinhos e alimentos congelados (2,3%)

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page